NEWSLETTER
Desejo receber novidades sobre:*
Nome*
Email*
*Preenchimento obrigatório.
FECHAR
ENVIAR
Obrigado por subscrever a nossa newsletter!
Notícias
Obriverca participa no MIP em São Paulo
De 20 a 23 de Junho decorrerá a 2ª Mostra de Imobiliário de Portugal no Brasil que terá lugar na Sede do Consulado Geral de Portugal em São Paulo. O MIP é o ponto de partida para a divulgação dos melhores projetos imobiliários portugueses no Brasil não só junto de brasileiros mas também de luso descendentes. Assim sendo, e uma vez que a Obriverca se assume como uma empresa empreendedora e dinâmica, não poderia deixar de marcar a sua presença.
Abertura da 1ª Mostra de Imobiliário de Portugal no Brasil
Obriverca na 1ª Mostra do Imobiliário de Portugal no Brasil

No âmbito das Comemorações do Ano de Portugal no Brasil, a Câmara Portuguesa do Comércio e Industria do Rio de Janeiro, a Consultan, a WL Parterns e o Consulado Geral de Portugal no Rio de Janeiro, organizam a 1ª Mostra de Imobiliário de Portugal no Brasil (MIP 2012) que se realiza entre os dias 7 a 9 de Dezembro no Consulado Geral de Portugal, Palácio de São Clemente no Rio de Janeiro. 

O GRUPO OBRIVERCA tem vindo, ao longo dos seus 25 anos de existência, a assumir-se  como um dos maiores promotores imobiliários  em Portugal. Com projetos que marcaram a Grande Lisboa, tem vindo a desenvolver empreendimentos de grande notoriedade e prestigio para a empresa e para os seus clientes. As características ímpares e a reconhecida qualidade dos seus empreendimentos, abriram portas ao reconhecimento da Obriverca como uma "marca", conceito pouco habitual neste sector.
A presença da Obriverca no MIP visa essencialmente dar a conhecer a marca Obriverca além fronteiras e apresentar um dos mais emblemáticos projetos do Grupo, os Jardins de Braço de Prata.
 Trata-se de um projeto do conceituado arquiteto Renzo Piano que tem a sua marca espalhada por todo o mundo e que, a convite da Obriverca, aceitou fazer este magnifico projeto em Lisboa. Este é certamente um dos melhores projetos da atualidade que irá atrair uma procura variada, não só num mercado nacional mas também internacional, permitindo uma oportunidade de negócio sustentável.
A associação de um projeto desta qualidade á marca Obriverca e ao conceituado arquiteto Renzo Piano  resultará certamente num produto único e incomparável.
O MIP será o ponto de partida para a divulgação dos melhores projetos imobiliários portugueses no Brasil não só junto de brasileiros mas também de luso descendentes. Assim sendo, e uma vez que a Obriverca se assume como uma empresa empreendedora e dinâmica, não poderia deixar de marcar a sua presença.

Renzo Piano deixa a sua marca em Lisboa
Nova Iorque, Paris, Londres, Osaka, Amesterdão, Atenas, Berlim, Tokyo e agora Lisboa. Renzo Piano, considerado um dos arquitetos mais relevantes do panorama internacional, concebeu todo o projeto dos Jardins de Braço de Prata, na zona ribeirinha de Lisboa.
Autor de projetos como o Centro George Pompidou, Edificio New York Times, London Bridge Tower, Maison Hermes em Tokyo, Aeroporto de Osaka, entre tantos outros, Renzo Piano vai deixar também a sua marca em Lisboa num projeto que irá mudar uma parte da cidade, num dos locais mais apreciados: a margem do Rio Tejo, na extensão da zona de intervenção da EXPO 98.

Num local onde outrora se fabricavam armas será construído um empreendimento cuja filosofia é a de conjugar as atividades económicas com espaços residenciais e dessa forma criar um ambiente de cariz tradicional onde se desenvolva uma comunidade local e não apenas um dormitório ou um Centro de Escritórios.

A localização não poderia ser melhor. Com uma frente para o Rio Tejo numa extensão de 500 metros, os Jardins de Braço de Prata contarão ainda com um amplo Parque Urbano com mais de 10 hectares que farão a transição entre o Rio e o empreendimento.

A arquitetura dos Edifícios e toda a malha urbana concebida, recria os Bairros tradicionais de Lisboa. O conceito das fachadas dos Edificios com a utilização de cerâmica recorda os tradicionais revestimentos de Lisboa: os azulejos. Por outro lado, a utilização da Cerâmica permitirá realçar a luz característica da Cidade de Lisboa.

As tipologias previstas para os Ediicios de habitação vão de T1 a T7, o que permite atingir o mercado da jovens e pessoas isoladas a famílias mais numerosas ou com maior poder de compra. Este é certamente um dos melhores projetos da atualidade que permitirá atrair uma procura variada, num mercado abrangente, permitindo uma oportunidade de negócio sustentável. A associação de um projeto desta qualidade à marca Obriverca, resultará certamente num produto único e incomparável.
Lançamento da primeira pedra com Renzo Piano